Só vou respeitar esse filme do Elvis se vier com uma Lana de brinde

Está na moda: o filme do Queen foi um sucesso, o filme do Elton John foi um sucesso. Todo mundo quer surfar na onda e Kristen Stewart se pergunta todos os dias por que o filme das Runaways não foi tão bem-sucedido assim.

(sinceramente também não sei pois adoro, mas deve ter sido uma questão de timing)

Bom, quem sabe que o nome de um dos meus gatos é Elvis (na verdade Elvis Presley David Wakabara Nere) deve imaginar que sou fã do Elvis. Sou mesmo. Ele morreu antes de eu nascer mas ainda assim adoro, a ponto de ter ido no show do Ginásio do Ibirapuera Elvis Presley in Concert com músicos que trabalharam com ele e a imagem do astro no telão cantando. Hahahaha juro que foi ótimo! Já que não tem Elvis em si, né?

Então quando surgiu a notícia de que vinha aí um filme do Baz Luhrmann sobre Elvis Presley fiquei entre o encantado e o completamente irritado, porque Baz fez coisas lindas (como os vídeos da exposição da Miuccia Prada e Elsa Schiaparelli no MET e o filme Moulin Rouge!) e horrorosas (como a série The Get Down que, vamos combinar, era meio Glee demais para ser a história do começo do hip-hop).

Aí veio a notícia de quem é o protagonista. Austin Butler.

Totally not convinced  com esse franguinho

Totally not convinced com esse franguinho

Conheço Butler pelo papel de, oh no, namoradinho da adolescência de Carrie Bradshaw em The Carrie Diaries - outra que teve um timing ruim assim como Runaways e foi lançada em 2013, 3 anos antes de Stranger Things e a onda de nostalgia pelos anos 1980.
Mas se você conseguiu namorar aquela chata da Carrie na sua adolescência, você não tem o meu respeito.
(agora estou me sentindo como a minha mãe, que confunde a atriz e a personagem da novela)

Ah: Butler está no elenco de Once Upon a Time in Hollywood do Quentin Tarantino. E é o namorado da Vanessa Hudgens. Ele desbancou Aaron Taylor-Johnson na disputa pelo papel de Elvis e, bem, não sei bem como ele fez isso.

aaron-taylor-johnson.jpg

Nessa imagem Aaron Taylor-Johnson

se mostra tão confuso quanto eu sobre essa escolha de Baz Luhrmann

Mas eu tenho uma outra sugestão ainda melhor. Desconfio que não dá mais tempo, já que Butler deve ter assinado o contrato para ser anunciado oficialmente. Mas, cara, OLHA O NETO DO ELVIS.

Esse é Benjamin Storm Keough, o filho de Lisa Marie Presley com Danny Keough que atualmente tem 26 anos e é simplesmente a cópia do avô. E a Lisa Marie, você sabe, é a filha de Elvis que casou com o Michael Jackson…
A título de curiosidade: Riley Keough, a irmã de Benjamin, é atriz e maravilhosa. E o primeiro papel dela na indústria foi em… The Runaways!
Ben não é ator profissional nem nada. Mas nem precisa. Olha esse rostinho!

ben-keough.png

Ben com a irmã Riley

Aposto que ele fala que nem o Elvis, se mexe que nem o Elvis e inclusive tem o mesmo cheiro do Elvis

A intérprete de Priscilla Presley, que vem a ser a mãe de Lisa Marie, ainda não foi confirmada. Mas está todo mundo torcendo para que seja Lana del Rey - inclusive, dizem, ela mesma. Lana já citou Elvis em várias músicas - em Body Electric ela diz que “Elvis is my daddy". Em Million Dollar Man ela cita Blue Suede Shoes dizendo “One for the money, two for the show". E ela já gravou uma música chamada Elvis em si!

Fora o fato de que Lana, com sua vibe retrô, é parecidíssima com a Priscilla.

Baz, se você negar isso para a Lana você é um monstro!!!
Tom Hanks já foi anunciado como parte do elenco: ele vai ser o Colonel Tom Parker, o superagente do Elvis, um personagem controverso, meio herói meio vilão. Aquele tempero de indicação para o Oscar paira no ar.

E termino esse post dizendo que o longa deve começar a ser filmado em 2020.
E que o meu outro gato, Mossoró, na verdade era para ser uma gata. A gente ia batizá-la de Rita Lee Na, e íamos dizer “o Elvis não larga a Rita Lee Na por nada!", "hoje o Elvis não está muito na vibe da Rita Lee Na", "putz, você viu o que o Elvis fez com a Rita Lee Na"?
Sim, a gente tem um humor bem peculiar. Mas aí Mossoró apareceu, já com esse nome, e nos conquistou. We couldn't help falling in love with him.

Olha lá, Baz, o seu tá na reta

Olha lá, Baz, o seu tá na reta